Este último há muito é considerado candidato a marca de franquia conforme o fim de seu contrato de estreia se aproxima. Tampa Bay tem até terça-feira à tarde para apresentar o pedido de licitação de um ano, que custará pouco mais de US$ 17 milhões. No entanto, depois de ter feito uma campanha All-Pro na temporada passada como titular, Winfield pode cobrar um preço mais alto como parte de um pacto de longo prazo. Nesta nota Reportagem de Tony Pauline da Sportskeeda tração obtida com um novo acordo na colheitadeira da semana passada.

Pauline acrescenta que as partes estão “focadas” num acordo que durará um valor médio anual de 20 milhões de dólares para um pacto de três ou quatro anos. Isso permitiria que Winfield redefinisse o topo do mercado de segurança à frente Derwin James (US$ 19 milhões por temporada) como o jogador mais bem pago nesta posição anualmente. Tal acordo também permitiria aos Buccaneers manter um dos principais membros de sua defesa nos próximos anos e evitar o uso da marca de franquia.

Winfield já tinha um Pro Bowl em seu currículo antes da temporada de 2023, mas aumentou significativamente seu valor de mercado ao longo do ano. O jogador de 25 anos estabeleceu novos recordes na carreira em tackles (122), interceptações (três), passes desviados (12) e sacks (seis), enquanto liderava a liga com seis fumbles forçados. Esses números permitem que ele garanta um aumento significativo em seu próximo pacto.

Os jogadores marcados podem continuar as negociações com seus times até o dia 15 de julho. Se nenhum acordo for alcançado até então, eles serão obrigados a jogar a temporada na designação (ou, no caso de Saquon Barkley E Josh Jacobs que foi demonstrado na offseason passada e foi substituído por um contrato de um ano). O caso de Winfield deve ser observado de perto à medida que o prazo da franquia se aproxima, especialmente se ele e os Bucs estiverem de fato caminhando para um acordo de longo prazo.



Fonte