Vitória sobre o Sheffield United (0-6), último na Premier, deixou várias boas notícias na “chave do atirador”. O principal é que o Arsenal continua em terceiro, um ponto atrás do Manchester City e dois atrás do Liverpool. que se enfrentam em Anfield no domingo.

Aos 65 minutos, outras duas notícias se cruzam: uma boa e outra ruim. Gabriel Martinelli saiu mancando do campo após ser pisoteado no exato momento em que Thomas Partey reapareceu 148 dias! Depois. O ex-jogador do Atlético não jogava desde a vitória sobre o City (1 a 0), no dia 8 de outubro. Em 25 minutos, ele não teve muito tempo: Porém, ele completou 31 dos 35 passes tentados (89% de sucesso).

Não devemos esquecer que uma lesão na coxa Está em doca seca há 109 dias e forçou-o a perder um total de 19 jogos. No entanto, este não é o primeiro revés que este curso sofre: Ele já estava afastado há um mês, em setembro, por conta de um problema na virilha.

“Ele deve conquistar o direito de jogar”

Thomas, que só disputou seis partidas (366′) nesta temporada, torna-se um “reforço” de luxo para Mikel Arteta na última parte da temporada. “Foram os primeiros minutos depois de quatro meses e ele precisa se desenvolver. É muito tempo. Além disso, como todo mundo, ele deve conquistar o direito de jogar. »

Estes são os primeiros minutos depois de quatro meses e ele precisa se desenvolver. É muito tempo

Mikel Arteta

Não será fácil, de qualquer maneira. O ganês foi uma presença constante em Arteta nos seus primeiros dias. Ele chegou ao ponto de colocá-lo na retaguarda. Porém, aos poucos, com a chegada de Jorginho e principalmente de Declan Rice, ele foi perdendo importância. Além disso, nos últimos dois mercados houve até especulação sobre a sua possível saída dos Emirados, sendo a Juventus a principal interessada na sua contratação.



Fonte