Curiosamente, o técnico foi demitido pelo Botafogo um dia após sua expulsão, que resultou em pênalti, no empate contra o Aurora




Foto: Vitor Silva/Botafogo – Legenda: Tiago Nunes deixou o Botafogo na manhã seguinte ao empate com Aurora – / Jogada10

A Conmebol divulgou nota ao Botafogo informando sobre multa de R$ 7,5 mil pela expulsão do ex-técnico Tiago Nunes. Na primeira partida da segunda fase, a Libertadores recebeu cartão vermelho após fazer um provocativo gesto de “choro” ao técnico adversário. A partida terminou empatada em 1 a 1 e Nunes foi demitido no dia seguinte.

A sanção foi baseada no artigo 14.6 do Código Disciplinar da Conmebol, que prevê suspensão automática de uma partida e penalidade financeira por má conduta. Este valor será deduzido diretamente da receita que o clube receberá com os direitos de transmissão.

O técnico do Botafogo provocou o boliviano

A expulsão de Nunes aconteceu no dia 21 de fevereiro, no Estádio Félix Capriles, após ele fazer um gesto de “choro”, que gerou briga com o técnico da seleção boliviana, Mauricio Soria.

Ao discutir a cobrança lateral, Nunes fez um gesto provocativo, iniciando uma acalorada discussão entre os dois treinadores. Porém, a situação só se acalmou quando os dois jogadores receberam cartões vermelhos.

Depois de uma série de resultados negativos, incluindo uma improvável classificação para as semifinais do Campeonato Carioca e um empate nos minutos finais da primeira partida da Libertadores, a eventual expulsão de Nunes era inevitável.

Desde então, o clube é comandado pelo técnico interino Fábio Matias, que até o momento já conquistou três vitórias consecutivas.

Siga Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram para mim Facebook.



Fonte