Dada a pior situação da NFL, o Buffalo Bills (11-6) terá que ser criativo na hora de montar seu elenco de 2024.

A equipe tem vários agentes livres importantes e tem um teto salarial de quase US$ 42 milhões, deixando ao gerente geral Brandon Beane liberdade criativa para liberar espaço no limite e preencher o gráfico de profundidade.

Depois de ficar um pouco aquém do AFC Championship Game com uma derrota de três pontos para o Kansas City Chiefs na Rodada Divisional da AFC, os Bills estão mais uma vez procurando uma maneira de passar pela elite da conferência para o Super Bowl.

Aqui está o que você precisa saber sobre a entressafra de Buffalo:

ESPAÇO DE CAP PROJETADO PARA 2024: : – US$ 41,3 milhões (o menor da NFL)

AGENTES LIVRES | Ofensa: QB Kyle Allen; os RBs Damien Harris, Latavius ​​​​Murray e Ty Johnson; os WRs Trent Sherfield e Gabe Davis; TE Quintin Morris; OG David Edwards

Defesa: DE: Jordan Phillips, Poona Ford, AJ Epenesa e Shaq Lawson; os DTs DaQuan Jones, Tim Settle e Linval Joseph; os lbs Tyler Matakevich, Tyrel Dodson e Leonard Floyd; CB Dane Jackson e Cam Lewis; Seguranças Taylor Rapp e Micah Hyde

Panorama: Davis parece determinado a optar pelo lance mais alto na agência gratuita, em vez de igualar Buffalo, e seu preço é provavelmente alto demais para que os Bills sequer considerem mantê-lo. Floyd, Epenesa e Jones são parte integrante da corrida de passes de Buffalo, mas a equipe provavelmente pode se dar ao luxo de manter apenas um assim que criar algum espaço no gol.

Os Bills provavelmente precisarão fazer uma série de reestruturações contratuais, conversões salariais e cortes de escalação para chegar a um lugar onde possam aumentar sua escalação, portanto, adicionar por meio do draft pode ser o melhor curso de ação da equipe.

ESCOLHAS DO DRAFT DE 2024: Rodada 1 (nº 28 geral) | Rodada 2 | Rodada 4 | 5ª rodada (Green Bay) | Rodada 5 | Rodada 6 (por Los Angeles Rams) | Rodada 6 (via Houston) | Rodada 6 | Rodada 7

NECESSIDADES DE TENSÃO MAIS IMPORTANTES (em ordem): WR, Edge starter, DT, S, OT – A saída de Davis abre um grande buraco no ataque de Buffalo. Por enquanto, Stefon Diggs ainda está na escalação, mas Khalil Shakir, KJ Hamler e Deonte Harty não são candidatos ao segundo lugar.

Adicionar um jogador como Keon Coleman, do Florida State, ou Brian Thomas Jr. com LSU daria a Josh Allen um craque dinâmico para complementar Diggs do outro lado da quadra.

Com sete membros de sua linha defensiva atingindo o mercado, não seria surpreendente se os Bills usassem sua escolha de primeira rodada em um tackle defensivo ou edge rusher.

Chop Robinson da Penn State ou Laiatu Laiatu da UCLA seriam complementos perfeitos para um potente pass rush que ocupa o quarto lugar na NFL em sacks em 2023.

O lateral defensivo do Texas, T’Vondre Sweat, seria um excelente atacante no meio da linha defensiva de Buffalo, que também pode chegar ao quarterback.

PROJETOS DE PERSPECTIVA PARA VER: Brian Thomas Jr., WR, LSU; Keon Coleman, WR, Estado da Flórida; Adonai Mitchell, WR, Texas; Laiatu Latu, Edge, UCLA; Chop Robinson, Edge, Penn State; Chris Braswell, Edge, Alabama; Kris Jenkins, DT, Michigan; T’Vondre Sweat, DT, Texas; Leonard Taylor, DT, Miami; Tyler Nubin, S, Minnesota; Jaden Hicks, S, Estado de Washington; Kamren Kinchens, S, Miami; JC Latham, OT, Alabama; Amarius Mims, OT, Geórgia; Tyler Guyton, OT, Oklahoma

TRÊS HISTÓRIAS DE 2024 PARA ASSISTIR:

  • O Diggs será vendido?
  • Algum dos principais jogadores será liberado para liberar espaço no limite?
  • Como funciona o ataque com Joe Brady como coordenador ofensivo durante toda a temporada?



Fonte