Alerta de spoiler: este artigo contém spoilers de “The Walking Dead” até o final da série “Rest in Peace” e “The Walking Dead: The Ones Who Live” até o episódio 2, “Gone”.

Depois de dois episódios, o último spinoff de “Walking Dead” oferece respostas importantes. O primeiro episódio nos deu o ponto de vista de Rick., a segunda Michonne, e agora finalmente sabemos onde Rick e Michonne estiveram desde que deixaram a série principal. E por que Michonne não esteve presente na 11ª temporada.

Para relembrar rapidamente, Rick Grimes (Andrew Lincoln) foi transportado de helicóptero em estado crítico na 9ª temporada. Michonne (Danai Gurira) deixou sua casa para encontrá-lo na 10ª temporada. o final do final da série. Rick, guardando desesperadamente uma carta em uma garrafa para Michonne no mar, foi perseguido por uma autoridade fora da tela. Michonne interveio para salvar um casal que foi abandonado por sua comunidade, depois vestiu uma armadura bem diferente e olhou para uma enorme horda de caminhantes. Então, o que aconteceu a seguir?

“The Walking Dead” deu um salto de seis anos na 9ª temporada, após a saída de Rick, e o primeiro episódio de “The Ones Who Live” nos pegou onde sempre esteve. A resposta é bastante simples. Ele está preso no Exército da República Cívica, apesar das múltiplas tentativas de fuga, desde que Jadis (Pollyanna McIntosh) o tirou de helicóptero da margem do rio. Michonne deixou a série original após o salto no tempo, o que significa que ela tem menos fatores a considerar na linha do tempo. Mas, como revela o episódio “Gone”, centrado em Michonne, sua história é um pouco menos direta.

Os primeiros 10 minutos do episódio prendem o público com o que vislumbramos no final da série. Michonne conhece Aiden (Breeda Wool) e Bailey (Andrew Bachelor) em sua busca por Rick. “Gone” esclarece que isso foi no início de sua jornada. Quando eles se conheceram no final de “Walking Dead”, Aiden disse a Michonne: “Eles não vão esperar por nós”, enquanto um exército de pessoas marchava por uma estrada próxima, deixando-os para trás.

Acontece que Aiden e Baily vivem em uma comunidade de pessoas que nunca param para ajudar ninguém e nunca mais voltam para resgatar seus amigos caídos, ou mesmo suas famílias. A irmã de Bailey é a líder deles, que está disposta a deixar sua própria carne e sangue para trás porque acredita que é assim que eles permanecem vivos. Embora tentem recrutar Michonne, ela não tem interesse em ingressar em um grupo que abandona o dela. Acontece que existem algumas pessoas que compartilham essa mentalidade. Enquanto Michonne parte em seu caminho, uma pequena caravana de pessoas a segue, incluindo Aiden, Bailey e Nat (Matthew Jeffers), que desenvolve um vínculo estreito com Michonne e que fez para ela aquela armadura sofisticada que vimos em “The Walking Dead”. “final.

E eles fazem isso com grande risco. Como várias pessoas o alertam antes de partir, os milhões de cidadãos que habitavam a área dos três estados antes do apocalipse são agora uma horda gigante de Walkers de “cinco milhas de largura” migrando para o norte ou para o sul, dependendo da época do ano. Isso fica entre Michonne e Bridgers Terminal, a próxima parada em sua busca por Rick. Essa também é a horda gigantesca que vimos no final da série.

Depois de ser derrubada do cavalo, Michonne enfrenta uma horda de um milhão de zumbis com nada além de sua espada, até que Nat e a caravana aparecem. Chamas roxas acendem em ambos os lados da horda, mais obra de Nat, e se separam como o mar, permitindo que Michonne e seus novos amigos passem.

O grupo passa um curto período de tempo viajando junto e se conhecendo melhor. Eles veem Michonne chamando seus filhos pelo rádio e descobrem o que ela deixou para trás para encontrar Rick, embora Nat avise que provavelmente eles estão fora de alcance e, de fato, não recebe resposta. Michonne descobre que Aiden está grávida e que Bailey estava procurando mel para satisfazer seus desejos quando ela os resgatou. Todos a incentivam a voltar para casa, para os filhos. Eles planejam se juntar a Michonne com seu povo depois de encontrar Rick. Nat o avisa repetidamente: “Você tem que saber quando ir”.

The Walking Dead: Aqueles que Vivem

No entanto, a sua viagem pacífica rapidamente chega a um fim horrível quando um helicóptero CRM os bombardeia com gás nocivo. Todos morrem, exceto Michone e Nat, que passam um tempo significativo, embora atualmente não especificado, se escondendo, curando e recuperando forças juntos em um shopping center. Agora finalmente sabemos por que Michonne desapareceu no final da guerra com os Whisperers e da batalha pela Commonwealth: ela estava perto da morte e presa em uma área fora do alcance do rádio.

Mas isso não é o fim. Depois que Michonne e Nat se recuperam, eles finalmente vão para o Terminal Bridgers. Mas é outro golpe. O estaleiro está abandonado e cheio de pilhas de cadáveres carbonizados. Michonne encontra os pertences de Rick entre os mortos e finalmente começa a aceitar que ele pode ter partido. Ele está prestes a fazer as malas e voltar para sua família quando vê um avião da CRM vindo em sua direção. Nat ativa uma de suas criações especiais: um coldre compacto para lançador de foguetes e abate o helicóptero como vingança.

Como vimos no final do episódio 1, esse era o avião em que Rick e seu comandante, Donald Okafor (Craig Tate), estavam. Desta vez vemos esse confronto da perspectiva de Michonne, e enquanto ela corre para cortar a garganta dos soldados, ela derruba o capacete de Rick e eles finalmente se reencontram. Eles se beijam carinhosamente e quando Rick diz a ela: “Não estou com eles”, ela não hesita e responde: “Eu sei”. Tragicamente, Nat leva um tiro no peito por um soldado do CRM e morre nos braços de Michonne, dizendo-lhe mais uma vez: “Você tem que saber quando ir”.

Mas esse momento ainda não chegou. Rick avisa que o CRM já está a caminho e avisa que ele tem que esconder sua identidade e personalidade para que não saibam que ele é um “A”: o tipo de pessoa disposta a morrer por aquilo em que acredita, líderes que inspiram devoção e o tipo que o CRM não permite em sua sociedade. E assim começa a próxima etapa da jornada de Michonne, já que ela agora está presa no CRM ao lado de Rick, fingindo ser a única sobrevivente chamada Dana.

Com quatro episódios restantes de “The Ones Who Live”, ainda há mais na jornada de Michonne e a linha do tempo ainda não está 100% clara. No entanto, graças aos dois primeiros episódios, finalmente sabemos o que aconteceu com Michonne depois que ela saiu na 10ª temporada e o que a impediu de entrar em contato com Judith na 11ª temporada.

“The Walking Dead: The Ones Who Live” vai ao ar nas noites de domingo na AMC e AMC+.

The Walking Dead: Aqueles que Vivem

Fonte