(FOTO DO ARQUIVO DE PERGUNTAS / GRIG C. MONTEGRANDE)

Manila, Filipinas – Reunião do Presidente Ferdinand “Bongbong” Marcos Jr. O acordo com o primeiro-ministro cambojano, Hun Manet, garantirá suprimentos suficientes de arroz para o país, mesmo com os possíveis efeitos do fenômeno El Niño, disse o presidente Ferdinand Martin Romualdez na segunda-feira.

Num comunicado, Romualdez disse que os dois líderes discutiram vários tópicos que acabarão por melhorar o comércio e o investimento entre os dois países, incluindo a cooperação mútua. impulsionar o comércio de arroz e o turismo.

O encontro entre Marcos e Manet ocorreu por ocasião do convite do primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, para uma cúpula especial em comemoração ao 50º aniversário das relações da Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean)-Austrália.

“Ao diversificar as nossas fontes de importação de arroz e reforçar as parcerias com outros estados membros da ASEAN, como o Camboja, podemos mitigar os efeitos adversos de factores externos, como eventos induzidos pelas alterações climáticas, como o El Niño”, disse Romualdez, que está na Austrália com Marcos. .

“Embora estejamos a fazer progressos significativos no sentido de alcançar a auto-suficiência em arroz, a prudência dita que devemos fornecer medidas de contingência para garantir que as pessoas tenham um abastecimento adequado de arroz ao melhor preço possível se a nossa produção local não corresponder às expectativas”, acrescentou.

Romualdez disse que embora o Departamento de Agricultura tenha garantido à administração que haverá oferta suficiente de grãos no país durante o primeiro semestre de 2024, os preços poderão subir devido aos possíveis efeitos do El Niño.

Segundo Romualdez, o arroz do Camboja poderia acalmar as preocupações com os preços.

“O Camboja é há muito reconhecido pela sua experiência no cultivo e produção de arroz, e a sua vontade de apoiar as Filipinas na resolução dos seus desafios de abastecimento de arroz é profundamente apreciada”, disse Romualdez.


Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.


Sua assinatura foi bem-sucedida.



Fonte