A organização sem fins lucrativos opõe-se à posição da Associação Médica Filipina (PMA) sobre a adopção de regulamentos que permitem o uso de marijuana medicinal, dizendo que os regulamentos actuais tornam quase impossível o uso da droga proibida, mesmo em casos compassivos.

“Compartilhamos as preocupações da PMA sobre o uso não científico e errôneo de cannabis, que pode ter consequências prejudiciais… [But] “Suas generalizações abrangentes baseiam-se em informações imprecisas e suposições não científicas que enganam e desinformam o público”, disse Chuck Manansala, presidente do Haraya Policy Center, que defende a legalização da maconha medicinal.

LEIA: A posição da PMA sobre o projeto de maconha medicinal é ‘imprecisa’ e ‘não científica’ – grupo

Ele disse que a legislação pendente visa garantir que os pacientes tenham acesso seguro à maconha medicinal e não propõe a descriminalização da maconha ou seu uso recreativo. —DEXTER CABALZA


Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.


Sua assinatura foi bem-sucedida.



Fonte