O presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, participa de uma reunião do Conselho de Estado Supremo do Estado da União Rússia-Bielorrússia em São Petersburgo, Rússia, em 29 de janeiro de 2024. Sputnik/Vyacheslav Prokofiev/Pool via REUTERS/Foto de arquivo

MOSCOU (Reuters) – O líder bielorrusso, Alexander Lukashenko, anunciou que concorrerá à presidência novamente em 2025, informou a agência de notícias estatal bielorrussa BelTA neste domingo.

“Diga-lhes (a oposição exilada) que vou concorrer como candidato”, disse Lukashenko aos jornalistas numa assembleia de voto depois de votar nas eleições parlamentares e governamentais locais.

“Ninguém, nenhum presidente responsável, abandonaria o seu povo que o seguiu na batalha.”

LEIA: Bielorrússia pede patrulhas de rua armadas e alerta contra crimes “extremistas”.

Lukashenko (69) governa a Bielorrússia desde 1994 e é um dos aliados mais próximos do presidente russo, Vladimir Putin.

“Ainda estamos a um ano das eleições presidenciais. Muitas coisas podem mudar”, disse ele em resposta a outra pergunta, informou a BelTA.

LEIA: Bielorrússia receberá armas nucleares táticas russas “dentro de dias” – Lukashenko

“É claro que eu e todos nós, sociedade, responderemos às mudanças que ocorrerão na nossa sociedade e à situação em que nos aproximaremos das eleições dentro de um ano”.


Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.


Sua assinatura foi bem-sucedida.



Fonte