Uma das características mais importantes do iPhone X, sem dúvida, é o Face ID, sistema de reconhecimento facial da Apple. Por mais que a empresa diga que sua tecnologia é bastante segura por usar mais de 30 mil pontos de infravermelho para “ler” o rosto do usuário, recentemente, vários casos mostram o contrário.

Agora, uma mulher identificada como “Yan”, constatou que o Face ID ainda é muito ineficaz. Após comprar seu iPhone X e configurar o reconhecimento facial, a jovem constatou que uma colega de trabalho conseguia desbloquear seu aparelho todas as vezes, sem nenhum problema. Yan entrou em contato com o suporte da Apple que, segundo ela, fez pouco caso sobre o assunto.

Indignada, ela pegou o smartphone e foi com sua colega para uma Apple Store próxima de sua casa, onde demostraram aos funcionários que, de fato, o Face ID desbloqueava seu gadget com o rosto de outra pessoa. A equipe da loja disse que a câmera “TrueDepth” estava com defeito e reembolsou Yan que, imediatamente, comprou outro iPhone X.

Mas para surpresa de todos, essa segunda unidade também desbloqueava com o rosto de sua colega e, novamente, a Apple Store ofereceu outro reembolso. Porém, não ficou claro se, dessa vez, Yan usou o dinheiro para comprar mais um iPhone X.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here