Mais um aparelho da HMD Global foi colocado á prova, estamos falando do Nokia 5. O canal “JerryRigEverything” realizou uma série testes para comprovar (ou não) a durabilidade do aparelho.

Como de costume, Jerry começou riscando a tela do smartphone com um objeto pontiagudo, e o Nokia 5 se saiu muito bem, arranhando o display apenas no sexto nível de pressão, provando que a proteção Gorilla Glass é eficiente. A mesma boa resistência pode ser vista no leitor de digitais e na câmera frontal, porém, o auto-falante para chamadas é mais frágil.

Já o corpo do modelo, que é feito em alumínio, sofreu nos testes. Foi possível arranhar o aparelho facilmente usando um estilete. No entanto, estamos falando de um objeto cortante, dessa forma, acreditamos que no uso diário o material usado pela HMD deve ser suficiente para aguentar algumas chaves no bolso ou moedas, porém, mesmo assim, recomendamos o uso de uma case.

Nos testes finais, Jerry usou um isqueiro para queimar a tela do Nokia 5, e só após 10 segundos, o display começou a apresentar danos, porém se recuperou consideravelmente em seguida. No teste de envergadura, o dispositivo não entortou ou quebrou, provando que a HMD faz jus a marca “Nokia”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here